Aula Aberta
segunda-feira, março 20, 2006
  Reflexões do Poeta n´Os Lusíadas.

Luís de Camões, n´Os Lusíadas, não consegue calar a voz crítica da sua consciência nem a sua emoção. Então, interrompendo o tom épico, como os bons clássicos de Roma e Grécia, umas vezes, a sua palavra ganha uma feição didáctica, moral e severamente crítica; outras vezes, expressa o lamento e o queixume de quem sente amargamente a ingratidão, ou os desconcertos do mundo.

Eis alguns dos temas tratados nas passagens mais subjectivas d’Os Lusíadas, que irrompem quase sempre nos finais dos diversos cantos :


Canto I (105-106) - Os perigos que espreitam o ser humano (o herói), tão pequeno diante das forças poderosas da natureza (tempestades, o mar, o vento...), do poder da guerra e dos traiçoeiros enganos dos inimigos.

Canto V (92-100) - O poeta lastima o desdém a que os Portugueses votam as letras. Aqueles, apesar de serem de terra de heróis, não reconhecem o valor da arte.


Canto VI (95-99) - Nestas estâncias, o Poeta realça o verdadeiro valor das honras e da glória alcançado por mérito próprio. O herói faz-se pela sua coragem e virtude, pela generosidade da sua entrega a causas desinteressadas.


Canto VII (78-93) - O poeta queixa-se da ingratidão de que é vítima. Ele que sonhava com a coroa de louros dos poetas, vê-se votado ao esquecimento e à sorte mais mesquinha, não lhe reconhecendo, os que detêm o poder, o serviço que presta à Pátria.


Canto VIII (96-99) - Faz-se, nestas estâncias, uma severa crítica; o alvo é o poder corruptor do dinheiro e do «ouro».


Canto IX (93-99) - Num tom de magistério, o poeta incita os homens a alcançarem a verdadeira glória e a fama, que não se conseguem pela cobiça, a ambição ou a tirania; mas pela justiça, a coragem e o heroismo desinteressado.


Canto X (92-100): O poeta volta a referir-se à importância das Letras (Literatura) e desabafa que já está cansado de se dirigir a quem não quer escutar o seu canto, «gente surda e endurecida».

___________________________
Bibliografia
- Luís de Camões, Os Lusíadas, edição (on-line) de Júlio da Costa Pimpão -
http://www.instituto-camoes.pt/cvc/bvc/lusiadas/index.html

- Moreira, Vasco e Pimenta, Hilário, (2006) Português 12.º Ano – Acesso ao Ensino Superior, Porto: Porto Editora.

 
Comentários:
Muito obrigada pela ajuda!

Sou aluna do 12º ano e quando me pediram para fazer um texto expositivo relacionado com a teoria do heroísmo e verdadeira nobreza apresentada por Camões senti-me um bocado à "nora"..

Este blog ajudou bastante!! =)
 
Também me deu jeito :)
 
pah de tudo o k vi este foi sem duvida o k explicou e tem o melhor resumo das "Reflexões do Poeta n´Os Lusíadas."

obrigadao pela ajuda ;)
 
A mim tambem ajudou bastante! =D
 
valeu a pena ter vindo aqi tirar umas ideias

esta mt bem conseguido

so tem um senao: de acordo com o meu livro de portugues as estrofes das respectivas reflexoes esta um tanto ao pouco diferentes.

=)
 
O Blog deu-me uma óptima ajuda!
 
muiiiito obrigada eu precisava meeesmo disso!
 
Excelente blog.
Foi uma mais valia para mim :)

obrigado
 
podiam ter permonorizado isto um poukinho mais...é que a explicação das reflexoes do poeta nao se limita a resumos mas sim por exemplo analise permonorizada das estrofes isso sim ajuda :) mas obrigada ja ajudou um poukinho*
 
Obrigada, eu vou ter teste amanhã e estes resumos sobre as reflexões ajudaram bastante :)
 
Obrigada, realmente este blog ajudou muito (;
 
obrigada este blog deu me imenso jeito!!!
 
herring inserted saber trumpet assessors seed prasad lsal dell verdanabi paras
semelokertes marchimundui
 
obrigado ;) ajudou..
 
ajudou bastante sobretudo em vespera de teste. obrigada
 
Obrigado por estas informações muito úteis pois tenho teste amanhã e assim torna-se muito mais fácil :D
 
estas reflexoes.
sao o plano do poeta nos lusiadas??
 
Muito bem feito! obrigada pela ajuda =)
 
Este blog está de facto muito bom. Muito útil. Deu um jeitão para o texto expositivo argumentativo. Português não presta!
 
falta o cantoIII da Ines de Castro
 
o canto III nao tem reflexoes do poeta
 
muito aprofundado mas obrigada na mesma.
 
vou ser sincero, amanha vou ter teste sobre o canto VII e IX e isto não esta a ajudar quase nada, estava a espera de encontrar isto mais pormenorizado, mas a intenção é que conta, parabéns
 
muito bom

 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial
Este espaço destina-se a professores e alunos do ensino secundário da disciplina de Português (Língua Portuguesa)da ES da Póvoa de Lanhoso. A intenção é proporcionar um espaço de interacção, e uma outra estratégia para apoiar os alunos.

Arquivos
Setembro 2005 / Outubro 2005 / Novembro 2005 / Dezembro 2005 / Janeiro 2006 / Fevereiro 2006 / Março 2006 / Junho 2006 / Setembro 2006 / Outubro 2006 / Novembro 2006 / Dezembro 2006 / Abril 2008 / Outubro 2008 / Novembro 2008 / Dezembro 2008 /


Powered by Blogger

Subscrever
Mensagens [Atom]